387 - CONTENTAMENTO



Minha alma deleita-se em Cristo;
Afável é ele para mim;
Viver na sua intimidade
Dá gozo real e sem fim.

Muito contente estou,
Pois que Jesus me amou,
Pra si me chamou,
Por filho tomou,
Feliz, tão feliz eu sou.

Por sua bondade admirável,
Eu vivo a fruir seu amor;
A sua presença conserva
Minha alma na fé, com fervor.

Um dia serei semelhante
A Cristo, meu reto Senhor;
Com ele terei eu morada,
Oh, graças a meu Salvador!