424 - VAMOS À COLHEITA



Ceiferos somos nós fiéis,
Segando para o Rei dos reis
Os frutos prontos pra colher,
Que em derredor se estão a ver.
Assim, ao nosso Salvador
Rendemos preito de louvor,
Ao nosso Mestre, lá no céu,
Que sobre a cruz por nós morreu.

Vamos já obedecer,
Vamos à colheita,
Para, quando anoitecer,
Ver a obra feita.
Pouco tempo ainda há
Breve, breve, breve acabará.

Nós repigamos por Jesus,
Que para os campos nos conduz.
E, se os obreiros poucos são,
Ociosos ficaremos? Não!
Ainda há campo pra ceifar,
Que muito fruto devem dar.
Não ouves Cristo perguntar:
Quem quer por mim ir trabalhar?

As horas vão passando já
O dia breve acabará,
Conosco toma o teu lugar
E por Jesus vem trabalhar!
Por que ocioso esperas lá?
A noite logo chegará.
Tu queres fruto ao céu levar,
Ou folhas só apresentar?