481 - AO LAR CELESTIAL



À Pátria abençoada vou
Ansioso peregrino sou,
Em busca do feliz lugar
No qual eu hei de descansar.

Oh, bela terra de esplendor,
Querida herança do Senhor;
Olhando, vejo, além do mar,
Que breve eu hei de atravessar,
A praia áurea, perenal,
Do lindo lar celestial.

Comigo vai o meu Senhor,
Do mal me guarda com amor,
De paz inunda o coração
E dá-me eterna salvação.

Na vastidão celestial
Ressoa o canto angelical
Da triunfante multidão
Feliz por sua redenção.