554 - AGORA



Ó moços, que ventura
Vos é servir a Deus!
Com vida santa e pura
Correr caminho aos céus;
Chegai-vos sem demora
A Cristo, o Salvador;
Aproveitai agora,
Fugi da eterna dor.

Por que só na velhice
Servir a Deus quereis?
Também, quem foi que disse
Que lá vós chegareis?
Não dura a mocidade
Mais que mimosa flor;
Correi com brevidade
A dar-vos ao Senhor.

Que pobre sacrifício
A Deus oferecer:
Deixar pecado e vício
Só ao envelhecer!
Se endureceis vossa alma
À santa vocação,
Lembrai que Deus condena
A vossa dilação.